sexta-feira, 13 de abril de 2012

Filme: Corajosos






Sinopse: Como policiais, Adam Mitchell, Nathan Hayes e seus parceiros estão confiantes e focados. Eles    voluntariamente enfrentam o pior que o mundo pode oferecer. No entanto, no final do dia, eles enfrentam um desafio para o qual nenhum deles está preparado de verdade: a paternidade...clique aqui para ler a sinopse completa no Filmow.

Há alguns anos, uma garotinha fez uma pergunta para minha filha (era algo tão óbvio, pelo menos para mim!):

" O seu pai mora com você? "

Foi uma pergunta que me fez refletir.
O que para a minha família era algo normal, não fazia parte da rotina daquela garotinha. O pai não morava com ela e a mãe.
Eu sei que há muitos casos assim, muitos... infelizmente.

Mas, o que a falta de um pai faz para uma criança? O que significa  agora e o que significará daqui a alguns anos?
Que marcas ela carregará?
Muitas vezes o pai mora na mesma casa, mas está sempre ausente, mesmo estando presente.  Como assim?
Ele não participa da vida do filho porque não tem tempo. Ele tem tempo para os amigos, para o trabalho, para o futebol, mas e para o filho? Não.
Quão importante é que um pai faça parte do dia a dia dos filhos.  Que esteja de corpo e alma ali com eles.
Que conheça seus filhos realmente.



Como é importante ter uma família unida! Ter um pai presente. Infelizmente o cenário não é nada animador, com tanta irresponsabilidade a tendência é existir cada vez mais filhos sem os pais juntos. E isso gera tantos problemas! E há ainda a falta de tempo, falta de vontade, o egoísmo... 
Muitos têm filhos no momento errado (a criança tem culpa disso?) e depois não cuidam como deveriam.

O filme " Corajosos " mostra o quanto a família é importante.
É um filme que para alguns pode ser careta, mas quer saber de uma coisa? Viva a caretice!
É uma história que resgata o que temos de maior valor: nossa família.

Tem  várias  partes  que eu gostei muito, mas não vou destacar aqui para que cada um possa apreciar completamente. Só digo que vale muito a pena. É um filme recomendadíssimo.

Vou deixar  um link ( se você ainda não assistiu, é melhor ver depois) que mostra uma cópia da resolução e até fizeram a tradução: Clique aqui para ler.







2 comentários:

  1. Nem preciso dizer que é um dos meus filmes favoritos, né?
    Graças a Deus eu também tive meu pai presente até o dia que Deus o chamou... Eu acho que foi muito pouco, mas guardo os 20 anos que o tive como um tesouro precioso e não vejo a hora de revê-lo :)

    ResponderExcluir
  2. Também o coloquei na minha lista de favoritos no Filmow.
    Como é bom ter a certeza que vamos rever os nossos entes queridos.
    É essa Esperança que nos fortalece e nos consola.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...