sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Ilhas Salomão (diálogo entre pai e professor - filme "Como Estrelas na Terra")

Faça seu filho sorrir. Diga palavras de benção!
O menino Ishaan (ator: Darsheel Safary)
 
Resolvi fazer essa postagem para ficar bem destacado a mensagem sobre não dizer palavras que possam marcar as vidas de nossos filhos negativamente. 
 
Se você quiser ler a postagem que deu origem a essa clique aqui http://romancegospel.blogspot.com/2011/12/filme-como-estrelas-na-terra.html
 
 
Vou transcrever um diálogo entre o pai e o professor do filme " Como Estrelas na Terra" :
 
_Minha esposa andou navegando na internet. Ela leu tudo sobre dislexia. Gostaria que você soubesse- falou  o pai de Ishaan com orgulho.
 
_E por quê? - o professor perguntou.
 
_Para que você não pense que não nos importamos.
 
_Importar-se. Isso é essencial. Tem poder de curar feridas. Um bálsamo para a dor. A criança se sente querida. Um abraço, um beijo de afeto aqui e ali. Filho eu te amo. Se você tem medos, venha aqui. Se você cair, falhar, estarei ao seu lado. Segurança. Carinho. Isso é importar-se, não é? É bom saber que vocês pensam que se importam.
 
O pai ficou envergonhado e disse que precisava ir, mas antes dele sair, o professor perguntou:
 
_Por acaso a sua  esposa leu sobre as Ilhas Salomão na internet?
 
_ Não sei.

O professor explicou:
 
_Nas ilhas Salomão quando os nativos querem parte da floresta para agricultura eles não cortam as árvores. Eles simplesmente se juntam ao redor delas, gritam xingamentos e dizem coisas ruins. Em alguns dias a árvore seca e morre. Ela morre sozinha.

O pai saiu arrasado. Viu seu  filho de longe, mas naquele momento não teve coragem de se aproximar.


Nós, pais, precisamos tomar muito cuidado com as palavras. Dizer que o filho é burro? Nem pensar. Para você, no momento,  pode parecer algo sem importância, mas isso pode marcá-lo por toda a vida. 

Uma palavra pode destruir o sonho de seu filho, pode acabar com a confiança dele, pode ferí-lo profundamente... pense nisso!



2 comentários:

  1. Este filme é perfeito! Só não é melhor por ser muito triste. Mas aponta uma coisa muito séria na sociedade de hoje. Os pais querem estão cada vez mais se distanciando de seus filhos, e por esse motivo não podem enxergar suas necessidades, problemas, dificuldades e desejos reais. Os pais estão passando quase toda a responsabilidade da educação de seus filhos para a escola, para a igreja, para as babás e se eximindo cada vez mais consciente ou inconscientemente... por isso a sociedade perece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Scheila, agradeço por seu comentário.
      Realmente este filme é perfeito, maravilhoso... Passa uma mensagem muito importante para pais, professores...
      É um dos meus filmes favoritos.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...