quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Filme: Como Estrelas na Terra



Filme: Como estrelas na Terra - toda criança é especial (Taare Zameen Par - every child is special)


Sabe aquele filme que você nem termina de assistir e já quer indicar para todos? Pois é isso o que acontece com esse filme. Antes mesmo do final eu já o considerei como um dos meus favoritos.

Sinopse do Filmow:

Filme da produção de Bollywood,  conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção. Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa dar opinião alguma. Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança. Ele visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe, do irmão mais velho, da vida… e a filosofia do internato é a de disciplinar cavalos selvagens. Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan. Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua réstia de luz e vontade de viver. O filme é uma obra prima do ator e produtor Aamir Khan.

O filme tem 162 minutos, é longo, eu sei,  mas cada minuto é necessário porque você precisa sentir todo o drama do menino Ishaan.

Gostei muito do ator que deu vida ao personagem Ishaan, o Darsheel Safary. Ele trabalhou muito bem, sem dúvida alguma! Ele até foi premiado lá na Índia.

E o professor? Que professor maravilhoso. Desde  o primeiro momento que ele aparece já chama a atenção  dos alunos  de maneira muito positiva. Ele se apresentou  em grande estilo.  
O professor Ram Shankar  logo percebe que há algo muito errado com Ishaan e resolve "investigar". 
Não vou contar detalhes para que vocês possam apreciar por completo essa história maravilhosa.

Como Estrelas na Terra é um filme  para  os pais, professores, diretores, coordenadores e para as crianças também. 
Eu também quero indicar para os professores e líderes da Escola bíblica dominical. Pode ter um "Ishaan"  bem perto e ninguém está percebendo. De repente tem algum aluno que  é indisciplinado e é até considerado  como preguiçoso, mas na verdade ele pode ter o mesmo problema apresentado no filme.

Se eu fosse fazer um TOP 5 dos professores do cinema, Ram Shankar só não ganharia o primeiro lugar porque o filme  não conta  uma história baseada em fatos reais, embora dislexia seja algo muito real, mas o professor foi "inventado" por alguém. Ele ficaria em segundo e o primeiríssimo lugar seria  de Brad Cohen (do filme "O Líder da Classe").


Se passou pela sua cabeça não assistir por  ser um filme  indiano, não faça isso porque irá perder um filmaço!

A trilha sonora é uma atração e tanto! Prestem atenção nela!

Você vai se emocionar muito com a história do menino Ishaan!

Tenho minhas partes favoritas, mas não vou revelar aqui para não tirar o gostinho de vocês assistirem tudo e se encantarem. No Filmow eu coloquei essas partes como Spoiler.




Aqui o filme completo para assistir no YouTube
 
Aqui uma parte importante: a professora manda Ishaan ler


Vou transcrever um diálogo entre o pai e o professor:
 
_Minha esposa andou navegando na internet. Ela leu tudo sobre dislexia. Gostaria que você soubesse- falou  o pai de Ishaan com orgulho.
_E por quê? - o professor perguntou.
 
_Para que você não pense que não nos importamos.
_Importar-se. Isso é essencial. Tem poder de curar feridas. Um bálsamo para a dor. A criança se sente querida. Um abraço, um beijo de afeto aqui e ali. Filho eu te amo. Se você tem medos, venha aqui. Se você cair, falhar, estarei ao seu lado. Segurança. Carinho. Isso é importar-se, não é? É bom saber que vocês pensam que se importam.
 
O pai ficou envergonhado e disse que precisava ir, mas antes dele sair, o professor perguntou:
 
_Por acaso a sua  esposa leu sobre as Ilhas Salomão na internet?
 
_ Não sei.

O professor explicou:
 
_Nas ilhas Salomão quando os nativos querem parte da floresta para agricultura eles não cortam as árvores. Eles simplesmente se juntam ao redor delas, gritam xingamentos e dizem coisas ruins. Em alguns dias a árvore seca e morre. Ela morre sozinha.

O pai saiu arrasado. Viu seu  filho de longe, mas naquele momento não teve coragem de se aproximar.


Nós, pais, precisamos tomar muito cuidado com as palavras. Dizer que o filho é burro? Nem pensar. Para você, no momento,  pode parecer algo sem importância, mas isso pode marcá-lo por toda a vida. 

Uma palavra pode destruir o sonho de seu filho, pode acabar com a confiança dele, pode ferí-lo profundamente... pense nisso!





4 comentários:

  1. Vejo como vc se importa e aprecia a EBD, ela está sempre no seu post. Fiquei com vontade de ler o livro.
    Estou relendo pela terceira vez Suzana,letícia, Paula e Lúcia. Depois vou te mandar um email a respeito.

    ResponderExcluir
  2. Eu estou sentindo muita falta da EBD. Não posso estar presente por causa da distância, mas espero resolver esse problema em breve. Cresci indo à EBD e não posso deixar que as minhas filhas percam algo tão importante. Em minha igreja tem culto infantil no domingo à noite, mas não é a mesma coisa. EBD é EBD.

    Aguardo o seu E-mail com ansiedade. Terceira vez? Que maravilha! É muito bom saber disso.

    Tenha um final de semana cheio de bençãos!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde eu assisti este filme,e me emocionei do começo ao fim,estou fazendo um curso pelo Senai e estamos na apostila de Eticas de Negociaçâo,e o nosso professor nos disse que vai passar este filme hoje a noite,eu abaixei o filme aqui no meu pc,e achei este fime lindoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo,é uma liçâo de vida para todos nòs,muito obrigada por tudo,meu nome è Rita de cassia,eu tenho 45 anos sou casada,terminei este ano o segundo grau,e pretendo passar para os meus netos tudo o que eu aprendi neste filme.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rita! Agradeço a sua visita.

    Realmente é um filme lindo. Me emocionei muito também. Como Estrelas na Terra pertence àquela lista de filmes que ficam para sempre no coração da gente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...