terça-feira, 22 de novembro de 2011

Autores evangélicos e a tentação




Livros de romance evangélico, cristão ou gospel devem conter:
 
- palavras que edificam
- personagens que falam sobre Deus
- mensagens bíblicas
- Jesus
- Fé
- histórias de perseverança
- amor
- milagres


Você pode continuar a lista...

Por serem livros evangélicos parece óbvio que os itens acima e mais alguns similares sejam necessários, mas o que  tenho notado é que algumas pessoas  ficam decepcionadas ao encontrarem essas coisas ao lerem um livro evangélico, cristão ou gospel.

Se você ler um livro de um escritor ateu  será que você pode reclamar que falta Deus na história? Você pode até não concordar com a opinião dele, mas não dá para querer que ele coloque o Criador atuando já que ele não crê.

O autor evangélico deve tomar cuidado para não cair em tentação. Não dá para agradar a todos. E antes que alguém pense que  recebi algum e-mail ou comentário sobre isso,  já digo que não, pelo contrário,  recebo recados de leitores dizendo o quanto é importante ter livros assim, o quanto eles gostam de ler um romance que entretenha e ao mesmo tempo edifique.
Resolvi fazer essa postagem  porque  li comentários de outros livros de romance evangélico e percebi isso.

Livros de romance existem muitos, mas livros de romance evangélico, cristão ou gospel, não temos tantas opções, por isso é que  os escritores cristãos não devem ceder no que se refere ao conteúdo. 


Você acha que  é válido mudar para vender mais ou para alcançar outras pessoas?


Atualização da postagem (em 12/02/2015):

Em 2011 esta postagem não surgiu por algum comentário que eu recebi(até expliquei isso na época), mas recentemente recebi uma avaliação na Amazon que não recomendava o meu livro "TOC em mim!" por seu conteúdo evangélico. Tudo bem, não dá para agradar a todos e nem posso querer que isso aconteça. 

Querido autor(a), não mude para agradar. Se você fala sobre fé em seus livros, continue assim.  Aceite as críticas sem "brigar" com os leitores, mas não abra mão do privilégio de escrever para edificar vidas.

4 comentários:

  1. Concordo com você em número, gênero e grau! Se não edifica para a glória de Deus, é apenas mais um romance!
    Graça e paz querida!!!

    ResponderExcluir
  2. Excelente artigo...realmente temos que estar atento a tentação de, buscando agradar a todos, esquecer do realmente importa

    Livraria Evangélica Luminarium

    ResponderExcluir
  3. Concordo! Precisamos fazer a diferença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joyce, agradeço a sua visita e comentário.
      Um forte abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...